Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a24

"Todos elogiam o sonho, que é o descansar da vida. Mas é o contrário, Doutor. A gente precisa do viver para descansar dos sonhos"

a24

"Todos elogiam o sonho, que é o descansar da vida. Mas é o contrário, Doutor. A gente precisa do viver para descansar dos sonhos"

...

Dezembro 29, 2014

a24

 

 

 

 

"Se há tantas cabeças quantas são as maneiras de pensar, há de haver tantos tipos de amor quantos são os corações."

[Liev Tolstói. In: Anna Kariênina]

 

...

Dezembro 28, 2014

a24

 

 

...

Dezembro 28, 2014

a24

 

 

A inteligência é uma espécie de paladar que nos dá a capacidade de saborear ideias.

Susan Sontag
(16 Janeiro de 1933— 28 Dezembro de 2004)

 

...

Dezembro 23, 2014

a24

 

 

Abraçaram-se com a vida toda nos braços, não se sabe ao certo o quanto apertaram, mas sabe-se que quando se despregaram, mais de meia hora depois, havia marcas profundas nas costas e na pele de cada um, havia que regressar aos empregos, a rotina a limitar o eterno, ela falou-lhe da dimensão do medo, do intervalo curto entre a coragem e a loucura, ele preferiu dissertar sobre o intervalo curto entre a morte e a rotina, tudo em segundos e o relógio a doer, há um momento em que há que escolher entre perder-se na vida e vida perdida.

_______________________________________

in Prometo falhar", a mais recente obra de Pedro Chagas Freitas.

...

Dezembro 21, 2014

a24

 

"Que é o Natal? É a ternura do passado, o valor do presente e a esperança do futuro"

...

Dezembro 21, 2014

a24

 

She finds it hard to trust someone

She's heard the words cause they've all been sung

She's the girl in the corner

She's the girl nobody loved

 

But I can't, I can't

can't stop thinking about you every day

And you can't, you can't

you can't listen to what people say

They don't know you baby

Don't know that you're amazing

But I'm here to stay

 

When you lose your way and the fight is gone

Your heart starts to break

And you need someone around now

Just close your eyes while

I put my arms above you

And make you unbreakable

She stands in the rain just to hide it all

If you ever turn around

I won't let you fall down, now

I swear I'll find your smile

And put my arms above you

And make you unbreakable

I'll make you unbreakable

 

Co's she's the girl that I never had

She's the heart that I wanted bad

The song I heard on the radio

That made me stop and think of her

 

And I can't, I can't

I can't concentrate anymore

I need, I need

Need to show her what her heart is for

It's been mistreated badly

Now her world is surely falling apart

Falling apart

 

(Chorus)

 

You need to know that somebody's there all the time

I'll wait in line, in the hope it shows

Can't walk away until your heart knows that it's beautiful

Oh, I hope you know, it's beautiful

 

(Chorus)

 

Because I love, I love, I love, I love, I love you darling

Yes I love, I love, I love, I love, I love you darling

And I'll put my arms around you

And make you unbreakable

 

 

 

...

Dezembro 21, 2014

a24

 

...

Dezembro 19, 2014

a24

 

 

...

Dezembro 19, 2014

a24

 

Escreve sempre que precisares de me dizer
que há gelo nas tuas mãos e nas paredes do frigorífico.
Os legumes que trouxe ontem
não sobrevivem a mais do que uma geada,
muito menos nós.
Escreve sempre que precisares, podes
dizer-me outra vez que nunca houve inverno,
que este ano não há verão,
que estamos aqui e não estamos porque não sabemos
se somos nós ou se somos aquelas
quatro pessoas que vão à rua agora,
encontraram a porta certa.
Escreve sempre que precisares, faz
uma lista de compras, uma lista de desejos,
anota todos os pedidos que deixaste
em poemas atrasados.
Escreve sempre que precisares
de mais um postal com selo e carimbo.
Escreve sempre que riscares
na tua agenda mais uma morada.
Sempre que eu precisar vais devolver-me
uma caligrafia rebuscada que não é a tua,
curvas a mais que não fazias na letra d.
Já não há desses manuscritos,
só eu e os carteiros aprendemos a decifrá-los
(e toda a gente sabe que nem isso é verdade).
Vai escrevendo. Sempre que eu precisar,
as frases podem desviar deixas decoradas,
repetidas como as mentiras,
demasiado gastas para serem inócuas.
Escreve em vez de costurares.
Mesmo que soubesses, não há remendos suficientes,
arranhaste sem possibilidade de cura os joelhos,
os cotovelos e as canelas
(dançar sempre foi um antídoto fora do teu alcance).
Escreve que eu vejo nas tuas as minhas quedas,
os meus soluços nessas curvas
a mais que não fazes na letra d:
as tuas linhas são rectas, verticais e justas,
as minhas letras são apenas caracteres.
Escreve sempre que puderes
só em vez de apenas,
recursos humanos em vez de
resíduos urbanos. Talvez sejamos mais
do que pessoas, temos tamanhos diferentes
e não servimos nos lugares que nos foram destinados.
Escreve sempre que precisares de uma porta
onde caibas,
nunca trago chaves comigo.

Margarida Ferra

...

Dezembro 19, 2014

a24

 

"Não me interessa ter razão, não tenho apetência para esse tipo de poder, de marcar uma posição, dar um murro na mesa. Se entro numa discussão é à maneira chinesa, simplesmente para sugerir que pode haver outra maneira de olhar para as coisas."

Mia Couto em entrevista a RA- Rede Angola

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D